Nova Campanha
PROFISSÃO

Painel do Setcesp mostra cargos e salários do setor de transportes

O Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas de São Paulo e Região (SETCESP), junto ao Instituto Paulista do Transporte de Carga (IPTC), desenvolveu um painel voltado para cargos e salários do setor de transporte rodoviário de cargas

15/06/2022 11h26
Por: Romulo Felippe
29.419

  

O Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas de São Paulo e Região (SETCESP), junto ao Instituto Paulista do Transporte de Carga (IPTC), desenvolveu um painel voltado para cargos e salários do setor de transporte rodoviário de cargas, no estado de São Paulo. Os dados são obtidos junto ao CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) e considera a indicação da CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas), referente ao ano de 2021. 

 

A ferramenta, disponibilizada para os associados da entidade e que será atualizada anualmente, contém informações sobre: tipos de contrato (CLT, Intermitente e Temporário), áreas de atuação (administrativo, comercial, manutenção, operacional, segurança, serviços gerais e tecnologia) com mais de 200 cargos, filtro para consultar municípios específicos, média salarial geral e entre homem e mulher e/ou faixa etária, e quantidade de admissões, demissões e saldo, para saber se o setor contratou mais do que demitiu ou visse e versa.

 

Adriano Depentor, presidente do conselho superior e de administração do SETCESP, afirma que o modal rodoviário é o mais atuante na logística, portanto, o que mais possui profissionais em sua progressão. “O transporte rodoviário de cargas é responsável por mais de 60% de tudo aquilo que é transportado pelo Brasil, logo, vemos um amplo espaço para colaboradores das mais diversas áreas de atuação. É o ambiente que movimenta o país. Por isso, as empresas precisam estar atentas às práticas de mercado, tanto para atrair novos talentos quanto para criar políticas internas de promoção e retenção dos profissionais”.

 

Como complemento, a plataforma possui um relatório com análises mais sucintas do mercado, no que diz respeito ao público feminino no segmento, reajuste salarial da categoria e comissionamento para a área comercial. 

 

“É um canal muito completo para que as transportadoras possam ter um parâmetro no momento da contratação, e até para saberem se os salários estão equiparados com o mercado, em diferentes regiões e níveis de hierarquia. Ter esse planejamento é extremamente necessário para ampliar as atividades e gerenciar a administração da empresa como um todo”, finaliza Raquel Serini, economista do IPTC.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários