ATRAVÉS DOS ANDES

Nas rotas do Mercosul: empresa SDV Transportes contrata motoristas

A prestação de serviços é por viagem e a empresa se responsabiliza pela passagem de retorno, além de oferecer valores especiais

24/07/2023 07h11Atualizado há 7 meses
Por: Romulo Felippe

 

A SVD Transportes, empresa referência no transporte e logística de caminhões, máquinas agrícolas e equipamentos pesados, está buscando motoristas para operar em todo o Mercosul.

 

A prestação de serviços é por viagem e a empresa se responsabiliza pela passagem de retorno, além de oferecer valores especiais e bônus por quilômetro ao cumprir metas.

 

Para se candidatar, o profissional deve ser MEI (Microempreendedor Individual) e enviar o currículo atualizado e exame toxicológico recente para o WhatsApp (41) 99798-0447.

 

No mercado há 22 anos, a SVD Transportes é especializada no transporte e na logística para a indústria de caminhões, ônibus, chassi para ônibus e equipamentos agrícolas. Foi a primeira empresa do seu segmento e a terceira brasileira a obter a certificação ISO 39001, específica para segurança viária e operações especializadas de transporte rodoviário de cargas.

 

A empresa também conta com o selo ISO 14.001, que audita seu Sistema de Gestão Ambiental, além da ISO 9.001, que rege o sistema de gestão da qualidade. Entre suas atividades estão a logística outbound e a armazenagem de caminhões e acessórios para personalização de veículos, além de uma divisão de seminovos.

 

A SVD Transportes tem sua matriz em Curitiba (PR) e filiais em São Bernardo do Campo (SP), Sorocaba (SP), Ponta Grossa (PR) e São Borja (RS). A empresa opera ainda com pontos de apoio em Itajaí (SC), Santana do Livramento (RS), Buenos Aires (Argentina), Los Andes (Chile) e Tacna e Lima, no Peru.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários