banner topo
CORRIDA DOS BRUTOS

Iveco vence na categoria Super Truck e Mercedes leva primeiro título entre montadoras

A última etapa da Copa Truck 2021 foi disputada no Autódromo Internacional de Curitiba

07/12/2021 07h20
Por: Romulo Felippe
11.497

 

A última etapa da Copa Truck 2021, disputada no Autódromo Internacional de Curitiba (PR) no dia 5 de dezembro, consagrou o piloto Iveco Felipe Tozzo #57 (Dakar Motorsport) como o grande campeão da categoria Super Truck. O estreante utilizou toda potência do pesado da montadora e brilhou na disputa pelo título terminando a corrida no 2º lugar e subindo ao lugar mais alto do pódio do campeonato.

 

Felipe Giaffone, #4 da Iveco Usual Racing, que tem o apoio da marca Nexpro - linha de peças testadas e homologadas pela montadora, terminou em 3º na categoria Pro depois de uma recuperação brilhante na corrida, onde conquistou 14 posições após mudança no regulamento, chegando na segunda colocação da prova.

 

Os pilotos contaram com a força e a robustez do motor FPT Cursor 13, da FPT Industrial. O propulsor seis cilindros recebeu uma série de ajustes para a temporada, que melhoraram ainda mais o desempenho nas pistas.

 

Maurício Corrêa, gerente de Marketing da IVECO, ressalta que o trabalho da engenharia da Iveco durante o ano foi muito positivo na preparação de um conjunto campeão, com destaque para a durabilidade dos caminhões preparados para qualquer desafio.

 

Mercedes 

Os caminhões Actros Mercedes-Benz da AM Motorsport repetiram ontem, no Autódromo de Curitiba, no Paraná, sua excelente performance e regularidade nas pistas de corrida. Como resultado, a equipe consagrou-se campeã da Copa Truck 2021. André Marques (#77) foi o vencedor do ano entre os pilotos da categoria principal, com 257 pontos, 13 a mais que seu companheiro de equipe, Wellington Cirino (#6), com 244 pontos, que ficou com a segunda colocação geral na competição.

 

A elevada potência de 1.250 cv a 3.500 rpm do motor Mercedes-Benz do Actros 2646 nas pistas da Copa Truck é quase três vezes maior em relação aos 460 cv a 1.900 rpm do Actros 2646 de série. O torque máximo chega a 5.500 Nm a 2.000 rpm nas competições, mais que o dobro dos 2.300 Nm a 1.100 rpm dos modelos dos clientes. Dessa forma, o Actros despeja muita potência para obter altas velocidades nas pistas dos autódromos, que chegam a mais de 200 km/h, e utiliza o alto torque para ultrapassagens e retomadas, o que é essencial para os pilotos da Copa Truck.

 

A Mercedes-Benz conquistou o seu primeiro título entre as montadoras ao somar 593 pontos contra 513 da Volkswagen e 423 da Iveco. Também somaram pontos Volvo e Scania. O título veio graças ao excelente rendimento da equipe oficial da marca, a AM Motorsport, que garantiu uma dobradinha no campeonato de pilotos com o título de André Marques e o vice-campeonato de Wellington Cirino. Ao todo foram sete vitórias em 18 corridas, e quatro pole-positions

 

“Já são 22 anos que eu piloto um caminhão Mercedes-Benz. Nestas quatro temporadas de Copa Truck foi, sem dúvida, nosso melhor momento. O caminhão andou bem em todas as etapas e não apresentou qualquer tipo de problema. Todo o nosso time está celebrando esta conquista que é uma forma de agradecimento por todo o envolvimento da montadora com a equipe”, declarou o piloto vice-campeão Welington Cirino.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários