Banner Librelatto top
Novo Volvo Master
Banner MBB top Site
TESTE NA EUROPA

Renault: eficiência energética ao reduzir em 12,5% o consumo de diesel

Este resultado foi alcançado otimizando a aerodinâmica de todo o comboio, trem de força e pneus, e integrando suporte de direção preditivo e funções de gerenciamento de energia

21/07/2021 07h16Atualizado há 1 semana
Por: Romulo Felippe
9.368

 

A Renault Trucks revelou os resultados do Optifuel Lab 3. O veículo de laboratório de longa distância do fabricante francês registrou uma redução de 12,5% no consumo de combustível em comparação com um acoplamento padrão. Este resultado foi alcançado otimizando a aerodinâmica de todo o comboio, trem de força e pneus, e integrando suporte de direção preditivo e funções de gerenciamento de energia.

 

A Renault Trucks continua suas pesquisas para melhorar a eficiência energética de seus caminhões. Iniciado em 2017, o projeto FALCON, Caminhão Flexível e Aerodinâmico para Baixo Consumo, teve como objetivo reduzir o consumo em 13% em uma combinação completa de trator reboque pesado. 

 

Este projeto produziu o veículo de laboratório Optifuel Lab 3. Após 18 meses de desenvolvimento, 6 meses de testes em pistas e estradas abertas e 15.500 quilômetros, a Renault Trucks pôde confirmar suas premissas. O fabricante mediu uma redução de 12,5% no consumo de combustível em comparação com o Renault Trucks série T acoplado a um trailer padrão. Isso representa uma economia de 3,75 litros de combustível e 9,8 kg de CO2 por 100 km.

 

Os engenheiros da Renault Trucks utilizaram um ciclo de teste estatisticamente representativo da utilização de longa distância, constituído por 68 km em condições regionais e 136 km em autoestradas. Os testes com o Optifuel Lab 3 consistiram em testes em pistas fechadas e em estrada aberta, além de simulações que permitiram a análise e correlação das medidas. 

 

Paralelamente, foram realizados testes com um veículo de referência com características geométricas e de transmissão semelhantes ao veículo de laboratório (Renault Trucks T 480, acoplado a um semirreboque coberto Fruehauf). As tecnologias desenvolvidas no projeto foram avaliadas primeiro de forma independente e depois como um todo.

As melhorias na resistência ao rolamento dos pneus desenvolvidos para Optifuel Lab 3 foram medidas pela Michelin de acordo com a norma ISO 28580. O pneu é comprimido sob uma carga correspondente a 85% do índice de carga do pneu. A força de arrasto gerada pelo pneu é medida a uma velocidade de 80 km / h após 3 horas de regime térmico estabilizado.

 

Lubrificantes de baixa viscosidade para motor, caixa de câmbio e eixo, desenvolvidos com Total, reduzem o consumo de combustível no trem de força. Os ganhos correspondentes foram medidos na bancada de teste do motor e nas bancadas de teste de componentes. Ao mesmo tempo, foi confirmado que estes lubrificantes de nova geração não causam desgaste prematuro dos componentes, em particular graças ao uso de Ativação de Camada Fina (TLA).

 

Finalmente, no que diz respeito ao sistema de recuperação de calor Rankine, a economia no consumo de combustível foi avaliada em uma bancada de componentes em cooperação com a Universidade de Liège. Duas arquiteturas diferentes foram comparadas (exaustão e recuperação do circuito de resfriamento) e vários fluidos refrigerantes foram avaliados como parte desta campanha de teste.

 

 

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários