Natal Mercedes
Mercado

Indústria de implementos rodoviários brasileira começa 2021 em crescimento

Vendas ao mercado interno ainda são influenciadas pela recuperação iniciada no segundo semestre de 2020

09/02/2021 11h48
Por: Redação da Revista Caminhões
65
Norberto Fabris, presidente da Anfir
Norberto Fabris, presidente da Anfir

A indústria de implementos rodoviários iniciou 2021 com variação positiva de 31% no volume de emplacamentos. Em janeiro o setor produziu e entregou ao mercado 11.270 produtos ante 8.610 implementos em janeiro de 2020. “O resultado mostra que entramos em 2021 ainda em ritmo aquecido”, analisa Norberto Fabris, presidente da Anfir - Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários.

O primeiro mês do ano costuma ser, tradicionalmente, um período de vendas menos expressivo. Todavia, a pandemia alterou o ritmo dos negócios no setor. “O mês de janeiro de 2021 foi o mais aquecido desde 2015”, recorda o presidente da entidade e completa: “iniciamos o ano ainda no ritmo de recuperação”.

O total de emplacamentos de reboques e semirreboques em janeiro de 2021 foi de 6.728 unidades, contra 4.646 implementos comercializados no mesmo mês de 2020.A variação positiva registrada foi de 45%.

No setor de carroceria sobre chassis o volume distribuído ao mercado no primeiro mês do ano foi de 4.542 produtos, ante 3.964 unidades no mesmo período de 2020. Isso representa crescimento de 15%.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários