Natal Mercedes
Montadora

Complexo Industrial da Iveco completa 20 anos cheio de tecnologia e inovação

Estrutura localizada em Sete Lagoas (MG) é utilizada para o desenvolvimento de soluções para os transportes de cargas, de passageiros e para o setor de defesa

20/11/2020 11h59
Por: Editora Viver
1.512

A Iveco fez da cidade de Sete Lagoas (MG), no ano de 2000, a base da sua presença na América do Sul. No complexo industrial da marca, que completa 20 anos de operação com destaque para tecnologia e inovação, são desenvolvidos, produzidos e testados veículos comerciais, veículos para o transporte de passageiros e veículos de defesa.

A montadora iniciou a produção de veículos leves, depois expandiu para veículos médios e pesados, chassis para ônibus e, em 2013, inaugurou a unidade de veículos de defesa. O portfólio atual conta com produtos das linhas Daily, Tector, Hi-Road e Hi-Way. No transporte de passageiros se destacam a Daily Minibus e os chassis 10-190 e 170S28. No segmento de defesa a marca produz o blindado Guarani.

Exemplo mundial de eficiência pelo alto nível de flexibilidade produtiva, a unidade fabril demandou investimentos de R$ 570 milhões. “Desde o início da operação produzimos aproximadamente 400 mil unidades de caminhões. Destaco também a expertise da marca envolvida na produção de cabines”, afirma Izidro Penatti, diretor do Complexo Industrial da Iveco em Sete Lagoas.

A unidade foi totalmente planejada a partir dos conceitos do World Class Manufacturing (WCM), que significa Produção de Classe Mundial. O WCM é um dos mais elevados padrões da indústria de fabricação global para o gerenciamento integrado de fábricas e processos de produção. “É um sistema estruturado em pilares com base na melhoria contínua, projetado para eliminar os desperdícios e as perdas no processo de produção por meio da identificação de objetivos e metas, como zero acidentes, zero defeitos, zero avarias e zero desperdício”, explica Izidro.

A estrutura da marca no Brasil conta com o Centro de Desenvolvimento de Produto (CDP), primeiro centro do tipo construído fora da Europa e que reúne mais de 150 profissionais, entre engenheiros, projetistas e técnicos, sendo responsável pelas inovações no portfólio comercializado na América do Sul.

“A área é fundamental no plano estratégico para desenvolvermos e criarmos veículos pensando nas necessidades e nos diferenciais de cada mercado em que a montadora atua”, afirma Márcio Querichelli, líder da marca na América do Sul.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários