Banner MB top01
NOVA EDIÇÃO

Edição 170: Novos VW, Novo DAF XF e Scania 10x4 são os lançamentos no setor

Edição impressa que já circula em todo Brasil traz também uma reportagem sobre a retomada da economia e os efeitos positivos no segmento de caminhões no Brasil

28/09/2020 13h01Atualizado há 3 semanas
Por: Romulo Felippe
107

CONFIRA A EDIÇÃO 170

A edição 170 da Revista Caminhões está repleta de novidades do setor, em especial de lançamentos de caminhões. A Volkswagen apresentou sua nova família de extrapesados. São os maiores caminhões VW da história. As novidades são o Constellation 33.460 6x4 e ainda uma nova gama, a Meteor, com os modelos 29.520 6x4 e 28.460 6x2. Todos os ‘brutos’ são equipados com motor de 13 litros que proporciona elevada durabilidade e economia de combustível.

Os lançamentos representam ainda outro marco: são os caminhões mais potentes da linha que ostenta a logomarca VW em toda a sua trajetória, adentrando na faixa de 460 e 520 cavalos de potência. Os ‘gigantes’ habilitam agora a fabricante em novas categorias, com soluções para atender à completa gama de caminhões de 3,5 toneladas a 125 toneladas, a mais ampla do mercado.

A DAF apresentou a nova linha XF. O caminhão registra consumo de combustível até 14% menor que a versão anterior, resultado de um trabalho de engenharia liderado pelo

Brasil, e com o suporte do centro tecnológico da companhia na Holanda (sede da montadora).

Foram quatro anos de desenvolvimento e testes, que resultaram em um modelo que eleva o patamar dos modelos extrapesados no país DAF XF. Segundo a montadora o caminhão chega com conjunto de tecnologias e fica ainda mais seguro e eficiente. 

O XF vem equipado com o novo motor Paccar MX13, de 12,9 litros, redesenhado para

trabalhar em rotações menores e mínimo atrito, garantindo alto torque e potência superior. Os clientes da marca terão opção de dois tipos de motorização, de 480cv

(até 2.500 Nm a partir de 900 rpm) e 530cv (até 2.600 Nm a partir de 1.000 rpm).

A Scania também apresentou um novo caminhão ao mercado, o G 540 10x4/6 XT Heavy Tipper. Ele chega para ser o caminhão mais próximo da linha amarela na capacidade de carga líquida (até 55 t), com Opex (despesas operacionais) e Capex (despesas de capital) muitos menores, custo total de operação (TCO) muito mais competitivo, além de maior versatilidade na atividade. Isso se traduz em aumento de produtividade. Todos os componentes, por exemplo, trem de força, eixos e tecnologias embarcadas são 100% da montadora sueca. 

Produzido com componentes ainda mais robustos do que os demais membros da linha XT, o G 540 10x4 foi desenvolvido para atender as demandas mais severas da mineração e da construção pesada (que compõe as grandes obras de infraestrutura: hidrelétricas, por exemplo).

Esta edição traz também, entre outras, uma reportagem sobre a retomada da economia e os efeitos positivos no segmento de caminhões no Brasil. Muitos frotistas estão renovando ou ampliando a sua frota e fazem as montadoras verem um horizonte melhor. Confira!

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários