Banner MB top01
Montadora

Instituto Água e Terra, do Paraná, recebe 32 caminhões Tector, da Iveco

Os veículos, que são implementados com compactador de lixo para a coleta seletiva, atuarão em várias cidades do estado

19/08/2020 09h18
Por: Bruno Castilho
1.318

O Instituto Água e Terra, do Paraná, que tem como objetivo capacitar os municípios para a coleta e destinação final de resíduos recicláveis e orgânico adquiriu 32 caminhões Tector 150E21 4X2, da Iveco, implementado com compactador de lixo, para a coleta seletiva. Os veículos atuarão em várias cidades do estado.

A implementação do projeto atende os princípios básicos que orientam o cumprimento das metas estabelecidas pela Política Nacional de Resíduos Sólidos que implicam, diretamente, na proteção da qualidade ambiental e de saúde pública.

Para Márcio Querichelli, líder da Iveco na América do Sul, com essa negociação a marca da sequência ao planejamento de ampliar as vendas em nichos de mercado, como o de coleta de resíduos. “Temos o produto certo para essa aplicação e continuaremos trabalhando para que o modelo participe de outras licitações neste segmento”, diz o executivo.

O Tector 150E21 4X2 foi desenvolvido no Complexo Industrial da Iveco, em Sete Lagoas (MG), com o intuito de proporcionar ao mercado uma opção para o cliente que busca tecnologia e eficiência em transporte.

O motor é o NEF 4, de 4,5 litros, da FPT Industrial, que desenvolve 206 cv de potência e oferece um torque máximo de 720 Nm na amplitude de 1.350 até 2.100 rpm, faixa bastante conveniente para as aplicações a que se destina. Destaque para a suspensão parabólica, que reduz as vibrações.

"O caminhão atendeu todos os requisitos exigidos no edital e proporcionará um excelente custo/benefício para as cidades que receberão o modelo, com potência, durabilidade e baixo custo operacional", destaca Renato Perrotta, gerente de vendas ao Governo da Iveco.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários