PASSAGEIROS

Volvo inicia demonstrações do ônibus elétrico urbano BZL

A Volvo começa a fazer em setembro a primeira demonstração de seu chassi de ônibus urbano 100% elétrico em uma operação real

04/09/2023 09h49Atualizado há 6 meses
Por: Romulo Felippe

Volvo inicia demonstrações de seu ônibus BZL elétrico no Brasil, começando por Curitiba

 

A Volvo começa a fazer em setembro a primeira demonstração de seu chassi de ônibus urbano 100% elétrico em uma operação real no Brasil. O BZL Elétrico vai rodar nas linhas Inter 2 e Interbairros II, que interligam de forma circular dezenas de bairros de Curitiba (PR). 135 mil passageiros passam diariamente por essas rotas, que fazem integração com o BRT da cidade em diversos terminais.

 

“Curitiba é onde fica nossa fábrica e nossa sede no continente. Temos uma longa parceria com a cidade no desenvolvimento de ônibus para o sistema de transporte de passageiros, que virou referência no mundo em BRT (Bus Rapid Transit), com os articulados e biarticulados Volvo. Tenho certeza de que com os ônibus elétricos seguiremos esse mesmo caminho bem-sucedido”, declara André Marques, presidente da Volvo Buses na América Latina. “Esses veículos representam mais um passo em nossa jornada para a descarbonização. Temos uma ‘visão zero’ – zero emissões, zero ruído, zero acidentes e zero congestionamentos – e estamos totalmente comprometidos com a sustentabilidade no transporte de passageiros”, assegura.

 

A demonstração em Curitiba faz parte do atendimento dos requisitos do edital publicado pela URBS, o órgão gestor do transporte público de passageiros da capital paranaense, para a aquisição de veículos elétricos para a cidade a partir de 2024. “A performance dos ônibus elétricos Volvo tem sido muito positiva na Europa e em diversos países de outros continentes. Agora vamos mostrar que esse bom desempenho se repetirá nas condições severas que temos na América Latina”, afirma Alexandre Selski, diretor de eletromobilidade em ônibus da Volvo. Durante a demonstração em Curitiba, as autoridades municipais da URBS farão importantes avaliações sobre pontos-chave como: consumo de energia, autonomia, nível de ruído e o desempenho do veículo na topografia da cidade.

 

O Volvo BZL Elétrico é um chassi 4×2 destinado a operações urbanas e metropolitanas. É equipado com baterias de íon lítio de 94kWh, sendo que o veículo da demonstração de Curitiba conta com quatro baterias. É movido por um motor elétrico de 200kW e torque de 425Nm, instalado na parte traseira. Todos os componentes do chassi e do trem-de-força foram desenvolvidos pela marca.

 

Equipado com sistema de ar-condicionado, o BZL da demonstração em Curitiba foi construído de acordo com as exigências da URBS para ônibus elétricos, em atendimento às demandas do sistema de transporte da capital paranaense. O veículo tem 12,6 metros de comprimento e carrega até 80 passageiros. Com autonomia para até 300 km, irá operar durante todo o dia e recarregar as baterias na garagem do operador à noite. Durante a demonstração, o ônibus circulará na frota da Viação Sorriso, uma das operadoras do sistema da cidade.

 

O Volvo BZL da demonstração de Curitiba está preparado para a ativação do serviço de Controle Automático de Velocidade. Essa tecnologia utiliza a conectividade GPS do veículo para identificar com exatidão a área de circulação e reduzir a velocidade automaticamente em locais críticos. “A Volvo tem uma visão Zero Acidentes com os veículos da marca. Esse serviço é um importante auxílio para reduzir riscos na circulação próximo a escolas, dentro de terminais ou qualquer outro local com grande fluxo de pedestres, por exemplo”, explica André Marques. Ao ser implantado pioneiramente nos biarticulados de Curitiba em 2018, o Controle Automático de Velocidade reduziu em 50% os acidentes no primeiro ano de ativação.

 

Depois de Curitiba, a Volvo já tem outras demonstrações de seus chassis elétricos agendadas em São Paulo, Bogotá (Colômbia) e Santiago (Chile). São iniciativas que dão continuidade à jornada de eletromobilidade da marca na América Latina, iniciada há mais de uma década. “O Brasil é um importante mercado para a Volvo e faz parte dos nossos planos globais de eletromobilidade. Fomos, inclusive, pioneiros na produção e comercialização de ônibus híbridos no país há mais de dez anos”, lembra Alexandre Selski.

 

A Volvo Buses é uma das principais fabricantes de veículos comerciais elétricos do mundo, com mais de cinco mil ônibus eletrificados rodando em dezenas de países. A meta da Volvo é que 50% dos ônibus comercializados pela marca sejam elétricos até 2030.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários