CRESCIMENTO

Volkswagen expande suas operações na América Latina e Angola

A montadora fechou o primeiro quadrimestre com avanço em sua estratégia de internacionalização, com o início da exportação do extrapesado VW Meteor e a chegada do VW e-Delivery a novos mercados

11/05/2023 11h09Atualizado há 1 ano
Por: Romulo Felippe

 

A Volkswagen Caminhões e Ônibus reuniu seus importadores da América Latina e Angola na última quarta-feira, em São Paulo, para traçar planos de expansão. A montadora fechou o primeiro quadrimestre com avanço em sua estratégia de internacionalização, com o início da exportação do extrapesado VW Meteor e a chegada do VW e-Delivery a novos mercados.

 

“Praticamente um a cada quatro caminhões e ônibus exportados do Brasil é Volkswagen. Estamos em uma crescente no nosso plano de internacionalização e, para continuarmos, precisamos que nossos importadores se mantenham empenhados conosco. Juntos iremos muito mais longe”, comenta Leonardo Soloaga, diretor de Vendas de Mercados Internacionais da Volkswagen Caminhões e Ônibus.

 

Com mais de 175 mil unidades de caminhões e ônibus enviados ao exterior ao longo de sua história, a marca quer ampliar esse número. Junto com seus importadores de cerca de 20 países, discutiu no encontro sobre cenários de vendas, pós-vendas e serviços, além dos desafios do ano para alcançar as metas de expansão traçadas.

 

Nos sucessivos resultados que a VWCO alcança no exterior, sua rede de importadores tem papel fundamental. Para aprimorar ainda mais essa atuação, a montadora conta com o programa Alta Performance. Lançada há um ano, sua primeira edição aproveitou a última semana para revelar os representantes comerciais da marca que mais se destacaram em um conjunto de critérios,  como excelência nos processos de vendas e pós-vendas, reconhecimento da marca, crescimento sustentável e melhoria contínua, com iniciativas que apoiaram o desenvolvimento dos negócios em seus países.

 

Quem ocupou a dianteira no ranking foi Julio César Lestido, do Uruguai, que venceu também na categoria de Vendas. O segundo lugar geral ficou para a Continental Motores, da Guatemala; seguida por Avelino Abreu, da República Dominicana.

 

Euromotors, do Peru, e Hansa, da Bolívia, lideraram em Pós-Vendas. Em Inovação, os grandes ganhadores foram a Cemcol, de Honduras, e o Grand Lakes, de Angola. A Diesa, do Paraguai, e a Porsche Chile ficaram com o primeiro lugar em Sustentabilidade, enquanto Avelino Abreu, Julio Cesar Lestido e Porsche Colômbia dividiram a vitória na categoria Marketing.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários