DAF
banner mb
iveco group
NOVIDADE

Novo pesado Iveco S-Way economiza até 15% no consumo de óleo diesel

Um dos principais destaques para atingir a nova legislação é o motor FPT Cursor 13 com injeção Common-Rail e novo turbocompressor e-VGT

04/11/2022 09h03Atualizado há 1 mês
Por: Romulo Felippe

 

O Iveco S-Way é o pontapé inicial da Iveco no segmento de pesados para o cronograma do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores (PROCONVE P8), que visa reduzir a emissão de poluentes para veículos comerciais pesados a partir de 2023 (+ 50% de redução de material particulado e +80% de redução de NOx) e promover o desenvolvimento tecnológico nacional da indústria automotiva.

 

Um dos principais destaques para atingir a nova legislação é o motor FPT Cursor 13 com injeção Common-Rail e novo turbocompressor e-VGT, conjunto que proporciona produtividade com mais potência, torque em baixas rotações e baixo consumo de combustível. A alta performance do propulsor, nas versões 450 cv (4x2), 480 cv (6x2) e 540 cv (6x4), é peça-chave para o Iveco S-Way ser uma ferramenta que promove rentabilidade para o cliente ao mesmo tempo, em que colabora para a redução de gases nocivos ao meio ambiente.

 

“Nesse sentido, destaco o exclusivo sistema de HI-eSCR com 98% de eficiência de conversão de NOx sem precisar de recirculação de gases de escape (EGR). Teremos também uma redução de consumo de combustível, em comparação com a geração anterior de pesados da marca, de até 15%. Isso é resultado da calibração do motor com a transmissão e representa um avanço no TCO do cliente”, ressalta Ricardo Coelho, diretor de Desenvolvimento de Produto da Iveco para a América

Latina.

 

O FPT Cursor 13 Common Rail e-VGT também apresenta uma nova estratégia de funcionamento do freio motor com quatro estágios, tecnologia exclusiva da montadora e o único sistema do segmento capaz de fazer o veículo obter uma parada total, o que proporciona um grande benefício

para o veículo. 

 

Além de maior segurança na frenagem, o sistema traz redução do custo operacional

ao minimizar a necessidade do uso do freio de serviço. É um item de destaque perante os concorrentes. A potência máxima do freio motor no quarto estágio é de 610 cv, um ganho de 150 cv em relação aos veículos Euro V.

 

A calibração motor/transmissão também é fundamental para esse processo. “O Cursor 13 e a transmissão ZF Traxon de 12 velocidades, a melhor do segmento, formam um conjunto perfeito para o Iveco S-Way alcançar um patamar diferenciado de desempenho e consumo. O novo sistema Iveco Drive, que auxilia o motorista na otimização da condução econômica, também tem um papel importante no projeto”, acrescenta Coelho.

 

A transmissão do Iveco S-Way foi desenvolvida com 18 novas funções de calibração para o modo de condução, entre elas a EcoRoll, quando a transmissão assume a condição Neutro para permitir maior rolagem do veículo; PreVision, em associação ao GPS permite a escolha mais eficiente de troca de marchas com antecipação a topografia do terreno, e a Rocking Mode, que auxilia nas partidas em condições severas.

 

Obs: mais detalhes na edição de dezembro da revista Caminhões!

1comentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários