scanner01
DAF
IAA 2022

Daimler aposta também nos caminhões movidos a hidrogênio

Primeiros protótipos do Mercedes-Benz GenH2 Truck movido a célula de combustível estão passando por testes intensivos desde o ano passado

20/09/2022 07h34
Por: Romulo Felippe

 

No caminho para o transporte sustentável, os primeiros protótipos do Mercedes-Benz GenH2 Truck movido a célula de combustível estão passando por testes intensivos desde o ano passado – tanto na pista de testes interna da Daimler Truck quanto em vias públicas. No IAA Transportation 2022, a Daimler Truck oferecerá aos visitantes selecionados um passeio em um de seus caminhões de célula de combustível. Ao fazer isso, o fabricante de caminhões demonstra a praticidade de um caminhão de hidrogênio de 40 toneladas totalmente carregado em vias públicas. Bem a tempo para o início do IAA, a H2 MOBILITY Alemanha permite o reabastecimento de hidrogênio em uma estação da Shell em Laatzen, perto do recinto de feiras em Hannover.

 

A estação de combustível fornece hidrogênio verde e, portanto, neutro em CO2. O protótipo Mercedes-Benz GenH2 Truck tem licença para uso rodoviário e é alimentado e reabastecido com hidrogênio gasoso. No estande da Mercedes-Benz Trucks no Hall 19/20 do IAA Transportation 2022 em Hannover, a Daimler Truck também exibe um protótipo de caminhão GenH2 com tanques de hidrogênio líquido.

 

A Daimler Truck prefere o hidrogênio líquido no desenvolvimento de acionamentos baseados em hidrogênio a longo prazo. Nesse estado agregado, o transportador de energia possui uma densidade de energia significativamente maior em relação ao volume em comparação com o hidrogênio gasoso. Como resultado, mais hidrogênio pode ser transportado, o que aumenta significativamente o alcance e permite um desempenho comparável do veículo com o de um caminhão a diesel convencional. O objetivo de desenvolvimento do caminhão GenH2 pronto para série é uma autonomia de até 1.000 quilômetros e mais sem reabastecimento. Isso torna o caminhão adequado para aplicações particularmente flexíveis e exigentes, especialmente no importante segmento de transporte pesado de longa distância. O início da produção em série de caminhões movidos a hidrogênio está previsto para a segunda metade da década.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários