DAF
scanner01
EM 2021

853 motoristas de caminhão perderam a vida em rodovias federais

Mortes por acidentes com caminhões representam 47% do total nas rodovias federais, esses são os dados de 2021 do Anuário Estatístico da Polícia Rodoviária Federal (PRF)

14/09/2022 09h37Atualizado há 1 semana
Por: Romulo Felippe

 

Mortes por acidentes com caminhões representam 47% do total nas rodovias federais, esses são os dados de 2021 do Anuário Estatístico da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Ou seja, 853 pessoas dentro de cabines perderam suas vidas e ao todo são 2521 pessoas envolvidas nestes acidentes.

 

Mas o que realmente impulsiona essas ocorrências? Segundo o especialista Gerson Rolim, gerente de produtos da Pointer by PowerFleet Brasil, “grandes jornadas de trabalho, pressão para chegar ao destino rapidamente e todos os outros fatores incluídos neste contexto, como o uso de drogas, por exemplo”.

 

Mas como parar esse ciclo desastroso? Para Gerson, que faz parte da empresa líder em soluções para frotas, a gestão de tarefas é um início muito consistente para que as empresas comecem a diminuir esses casos.

 

Um gestor de frota precisa estar atento a cada passo de seus motoristas. Com a tecnologia certa, como o Pointer Workforce, por exemplo, é possível por meio de dashboards fáceis e intuitivas entender quais são as tarefas, qual o tempo estimado e como o motorista está se comportando diante de todas circunstâncias de seu trabalho. Pesquisas de satisfação podem ser geradas, unindo o que o cliente final precisa à real situação do funcionário.

 

Segundo o especialista em produtos que facilitam o controle de frotas, partir do momento em que o responsável tem essa dimensão, consegue gestar de forma eficiente e não sobrecarregar nenhum de seus colaboradores. Ainda é possível gerar economia, que pode se transformar em uma verba destinada ao engajamento dos próprios caminhoneiros em relação à segurança no trânsito.

 

"A partir deste ponto, criamos um ciclo saudável de trabalho. Com a possibilidade de receber insigths da tecnologia, é possível alinhar a força de trabalho com os resultados finais esperados para uma empresa que, claro, pretende lucrar com a sua atividade", finaliza

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários