scanner01
LIDERANÇA

Volkswagen teve 37,4 mil caminhões emplacados no Brasil em 2021

ANFAVEA acaba de confirmar a liderança brasileira em vendas de caminhões em 2021 para a Volkswagen Caminhões e Ônibus

12/01/2022 07h43
Por: Romulo Felippe
21.145

 

A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores - ANFAVEA acaba de confirmar a liderança brasileira em vendas de caminhões em 2021 para a Volkswagen Caminhões e Ônibus. A divulgação dos números oficiais aconteceu na manhã desta sexta-feira (7), durante coletiva de imprensa transmitida ao vivo de São Paulo (SP). Foram licenciados 37.462 caminhões VW, com um crescimento de 46,4% em relação ao ano anterior, e uma participação no mercado de 29,1%. No mercado de ônibus, a montadora com fábrica em Resende (RJ) comemorou a vice-liderança, com 3.695 chassis Volksbus registrados e 26,3% do segmento.

 

“A liderança brasileira em vendas de caminhões é fruto de uma estratégia acertada, que começa na criação de produtos sob medida pelo nosso Centro de Pesquisa e Desenvolvimento, passa pela entrega dos volumes necessários pela fábrica de Resende e culmina na excelência de um time de Vendas que conta com quase 150 concessionários espalhados pelo país. Tudo isso, sempre preservando a segurança e a saúde dos colaboradores em seus ambientes de trabalho”, diz Roberto Cortes, presidente e CEO da Volkswagen Caminhões e Ônibus.

 

A empresa fechou o ano de 2021 com cinco mil trabalhadores atuando em sua fábrica, juntamente com seus parceiros no Consórcio Modular. Desse total, mil profissionais foram contratados desde o início da pandemia, num crescimento de mais de 25% em seus quadros. O atual plano de investimentos de R$ 2 bilhões, cobrindo o período de 2021 a 2025, inclui os preparativos para atendimento à próxima norma de emissões a entrar em vigor no Brasil, o Proconve P-8.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários