banner mb
DAF
iveco group
eDELIVERY

Caminhão elétrico da Volks tem mais de 350 unidades vendidas em um ano

A família e-Delivery conta com modelos de 11 e 14 toneladas, equipados com seis ou três módulos de bateria. Para o e-Delivery de 11 toneladas, o peso bruto total agora passa a 11.400 kg

29/09/2022 06h52Atualizado há 2 meses
Por: Romulo Felippe

 

Lançados há pouco mais de um ano no mercado, os caminhões elétricos VW e-Delivery atingiram a marca de 350 unidades comercializadas, o que contabiliza negócios totais acima dos 300 milhões de reais apenas para o mercado brasileiro. 

 

Para o primeiro caminhão elétrico desenvolvido e produzido no Brasil é uma grande marca, uma conquista histórica. São muitas outras unidades em negociação, com empresas de grande, médio e pequeno porte. O eDelivery já é um veículo de absoluto sucesso”, disse à revista Caminhões o vice-presidente de Vendas, Marketing e Serviços da montadora, Ricardo Alouche.

 

O executivo ressaltou ainda, durante coletiva na planta de Resende (RJ) que o elétrico urbano “eDelivery começa a ganhar fronteiras para México, Chile, Argentina, Guatemala, Paraguai, Colômbia e outros”. Outra novidade apresentada é que agora fica por conta do ganho de capacidade de carga útil de até 10%, tornando-os os maiores de seus segmentos. 

 

“Também agregam pacote ainda mais tecnológico e vão estrear uma nova central multimídia, novos faróis com luzes de condução diurna (DRL, na sigla em inglês) em LED, sistema de alerta de frenagem, suporte para celular, entre outros”, destacou.

 

A Volkswagen Caminhões e Ônibus já deu início ao plano de exportação do VW e-Delivery. Para tanto, passou com sucesso por testes de altitude de até 4.000 metros no México. Desde o fim do ano passado, o veículo está em tour internacional, com apresentações em diversos países da região. As atividades no exterior ocorrem em parceria com os importadores da marca para demonstrações nas diferentes condições de aplicação na América Latina.

 

O esforço se soma aos mais de 100 diferentes tipos de testes para um lançamento seguro e responsável, enfrentando testes severos em pistas especiais, além de imersão em tanque de água simulando áreas alagadas. Nessa jornada, que incluiu desde temperaturas extremas de -20°C a +55°C até avaliações de interferências eletromagnéticas, percorreu o equivalente a cerca de 400 mil quilômetros para comprovar a eficiência e confiabilidade do veículo em todo tipo de condição.

 

A família e-Delivery conta com modelos de 11 e 14 toneladas, equipados com seis ou três módulos de bateria. Para o e-Delivery de 11 toneladas, o peso bruto total agora passa a 11.400 kg, com capacidade máxima de carga útil, somada à carroceria, de 6.800 kg. Isso representa um ganho de 10% e alça o caminhão elétrico ao posto de maior de seu segmento. Já o e-Delivery de 14 toneladas, está com PBT de 14.500 kg e potencial de transportar 9.300 kg, a mais elevada de sua categoria em elétricos no Brasil.

 

O veículo já está preparado para operar em condições severas como a de coleta de resíduos ou frigorífico. Uma versão sua como caminhão prancha, por exemplo, é a responsável por entregar os veículos elétricos da Audi para seus clientes. O próximo destino é internacional.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários