Tecnologia para gerar economia ao mercado logístico brasileiro

239

Atuando num universo de um milhão de transportadoras e embarcadores, como Magazine Luiza, Mercado Livre, Eletrolux, que atuam atualmente no país, um grupo de investidores adquiriu parte da plataforma Pathfind com a meta de tornar o serviço de otimização de rotas para transportadoras e embarcadores mais eficiente e com menor custo no país. A meta desse grupo é consolidar o mercado de logística, hoje extremamente pulverizado.
E um dos focos são as operações de e-commerce uma vez que a plataforma ajuda em muito na otimização de entregas. A empresa também oferece a Planer, uma plataforma voltada para melhoria da eficiência do corpo de vendas.
Somente este ano, segundo Antonio Wrobleski, presidente do Conselho da Pathfind e integrante do fundo investidor, a Pathfind projeta um crescimento no faturamento, de 40% em relação a 2018. E já calcula que será possível dobrar a receita em 2020.
“A empresa vem crescendo a olhos vistos e no próximo ano passa a ser auditada”, afirma. “E pela nossa experiência, deve triplicar de tamanho em dois anos”. Diante desse quadro favorável, a Pathfind já planeja, para março de 2020, uma nova rodada de investimentos.
Fruto da integração entre o mundo acadêmico e o empresarial, a Pathfind Soluções de Tecnologia em Logística, companhia que nasceu como um cluster dentro da Universidade de Fortaleza (CE), já apresenta sólidos resultados. Hoje tem mais de 300 clientes, entre eles nomes de peso como DHL, Nestlé, Shell e Votorantim, e viu saltar de 70 para 130 o número de funcionários durante este ano.
De acordo com Wrobleski, nos EUA o custo logístico sobre produtos hoje gira em torno de 7%. No Brasil, esse percentual é de cerca de 12%. Comparando-se os dois mercados, a defasagem de um operador de ponta no Brasil em relação a um operador de ponta nos EUA é de 10 anos, garante o executivo. “E a realidade do mercado hoje faz com que os operadores logísticos não tenham mais como reduzir custos. A nossa solução oferece uma diminuição nos gastos com logística entre 10% e 20% só com otimização de rotas e percursos”.
Para 2020, Wrobleski planeja o lançamento da versão móbile da ferramenta de otimização de rotas. “Será uma plataforma onde as pequenas transportadoras nacionais, com até cinco caminhões, que representam 95% desse tipo de empresas, poderão definir suas rotas e ajustar suas entregas, tornando-as mais eficientes e econômicas gratuitamente”, afirma. Pelos cálculos do executivo, a redução do custo de entregas fica entre 10% e 20% com o uso da ferramenta.
“Com nosso algoritmo e tecnologia, temos a ferramenta de otimização de rota mais amigável do mercado. Funcionamos como uma control tower cujo objetivo é rentabilizar cada quilometro rodado, aumentando a capacidade de carregamento sem nunca perder de vista a legislação de trânsito – como a carga horária de trabalho de um motorista de caminhão, por exemplo”, afirma Wrobleski.
Um dos destaques da ferramenta, de acordo com o empresário, é um sistema de roteirização que permite acompanhar os deslocamentos dos veículos em tempo real e ganhar mais agilidade na tomada de decisão naquilo que sofre influência de fatores externos, como o trânsito, a segurança de algumas vias ou restrições de circulação.
Com passagens por Ryder do Brasil, Hertz e DHL, Wrobleski tem vasta experiência no setor. Agora na Pathfind, quer posicioná-la como a melhor provedora de soluções inovadoras para a gestão eficiente e eficaz de frotas. A ambição é global: até 2022, o objetivo é estar entre os cinco maiores players do setor no mundo.
O lançamento da versão móbile, previsto para março de 2020, é a grande aposta da Pathfind. A gestão prática e fácil através do celular representa um salto importante tanto para a empresa quanto para seus clientes.
“Temos um enorme diferencial. Conhecemos como ninguém as características de nossas estradas e dos nossos caminhões, além dos profissionais que atuam em que cada uma das fases de uma operação logística, do caminheiro ao faturista”, diz Wrobleski. “Para o usuário, entregamos agilidade e gestão. Para os empresários, economia e produtividade”.
Enquanto se firma como fornecedora de solução para a gestão de rotas para as transportadoras e-comerce, a Pathfind também vislumbra o mercado de planejamento de vendas com a plataforma Planer. “Também temos condições de otimizar os trajetos que o vendedor fará para visitar seus clientes, tornando seu trabalho mais assertivo”, garante Wrobleski.
Uma importante vantagem da empresa é ser 100% nacional, utilizando tecnologia de ponta produzida no Brasil e ganhando cada vez mais espaço no mercado. “Não há dúvida que é o único produto nacional, com tecnologia global e que pode reconhecer os mais diferentes desafios logísticos e ainda responder aos objetivos de distribuição no Brasil”, conclui o executivo.



A Editora Viver! publica, entre outras, as Revistas Caminhões e Viver!. É uma empresa especializada em publicações segmentadas. Possuí equipe própria de jornalistas e correspondentes pelo Brasil.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *