Seminovos: pagamentos flexíveis e taxas reduzidas nos caminhões

29

Tanto para quem está iniciando a carreira de caminhoneiro, como para quem possui baixo orçamento para investimento, a aquisição de um caminhão seminovo pode ser uma opção muito vantajosa e mais acessível. Entretanto, como ele funcionará como uma ferramenta de trabalho, é necessário ter em mente que tipo de retorno essa compra deverá trazer.

Escolher um caminhão muito pequeno, por exemplo, pode atrapalhar o processo, enquanto optar por um muito grande, pode resultar em gastos maiores.

Para quem está considerando esse tipo de compra, Tiago Naves, diretor da Rodonaves Caminhões Seminovos, apresenta algumas dicas, vantagens e cuidados que os consumidores devem ter na hora de escolher o caminhão.

Vantagens

  • Preço: é possível encontrar veículos usados em condições excelentes por um bom custo benefício. “É necessário realizar uma pesquisa de mercado, não adianta ir à uma ou duas concessionárias com pressa. Para achar um preço bom, é necessário um pouco de tempo e não realizar uma compra por impulso. Entretanto, o valor mais baixo não assegura uma boa compra. É fundamental uma avaliação criteriosa para garantir a integridade mecânica, funcionamento e até mesmo a segurança ao conduzir”, recomenda o executivo.
  • Pagamento flexível e taxas reduzidas: a aquisição de um seminovo pode ser favorecida por meio de programas de financiamento, como o Finame, que abrangem modelos de até dez anos de uso. Com isso, tanto o pagamento como as taxas serão menores.
  • Renovação das frotas das concessionárias: as concessionárias costumam renovar suas frotas com frequência para atender as necessidades dos consumidores. “Essa é uma ótima oportunidade de negócio, uma vez que os veículos estão com as revisões em dia e os vendedores abertos a negociações”.
  • Menor desvalorização: a depreciação do caminhão usado para o comprador é menor. Primeiro porque ele não sofrerá com a grande desvalorização de um zero quilômetro e, segundo, porque a taxa de depreciação, ou seja, o quanto de seu valor de mercado um veículo perde a cada ano é, geralmente, menor conforme sua idade aumenta.
  • Variedade de modelos: como muitos modelos já foram retirados do mercado pelas montadoras, há uma chance maior do comprador achar o veículo ideal para atender suas necessidades por um preço viável.

Dicas e cuidados

  • Documentação: Thiago Naves recomenda uma atenção especial aos documentos do caminhão, aos comprovantes de pagamento do IPVA, do seguro obrigatório (DPVAT), ao certificado de registro e ao licenciamento do veículo. “Além do comprador verificar se não há pendências ou restrições, como dívidas pendentes e alienação, é importante checar se a pessoa ou empresa que está vendendo é a mesma que consta como proprietária do caminhão”, completa o diretor.
  • Histórico de revisões: é recomendável optar por veículos que tiveram poucos proprietários. Isso porque fica mais fácil rastrear e acompanhar o histórico de revisões e as trocas de peças realizar até o momento da compra.
  • Test drive: se a concessionária permitir, é importante que o motorista faça um test drive, de preferência com o veículo carregado para que seja possível uma análise do desempenho do motor em subidas, da precisão do engate de marchas, da situação dos freios e se há barulhos no caminhão;
  • Avaliação do seminovo: opte por uma concessionária que ofereça um serviço de avaliação do seminovo. “A vistoria completa do caminhão é crucial para garantir a boa qualidade das partes mecânicas e a segurança de modo geral. Motor, caixa de câmbio, embreagem, suspensão, conjunto de transmissão, pneus, lataria, ambiente interno, parte elétrica e seus acessórios, são os itens a serem examinados com perícia. De acordo com o profissional, essa inspeção detalhada proporciona a prevenção de custos dispendiosos com manutenções inesperadas ou antecipadas”, completa Naves.


A Editora Viver! publica, entre outras, as Revistas Caminhões e Viver!. É uma empresa especializada em publicações segmentadas. Possuí equipe própria de jornalistas e correspondentes pelo Brasil.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *