Scania e Fassi criam caminhão Guindaste para até 15 toneladas

2121

A Cunzolo atua desde 1967 oferecendo soluções de qualidade para içamentos, trabalho em altura e movimentação de cargas, por meio de operações eficazes e seguras, de profissionais capacitados e de equipamentos modernos, atendendo aos requisitos dos clientes e buscando a excelência em suas operações.

E a empresa encontrou na Scania a parceria ideal para oferecer a seus clientes um guindaste articulado com capacidade de 40 toneladas de capacidade de carga, que o torna único na América do Sul. Para formar o conjunto, avaliado em R$ 1,5 milhão, foi escolhido o caminhão fora de estrada Scania G 440 8×4, adaptado para receber o guindaste modelo F1950 da italiana Fassi.

“Mais uma vez a Scania prova o quanto oferece as soluções mais completas ao mercado. Somos a única fabricante a disponibilizar um produto para esse novo segmento e ter a capacidade de adaptar tudo o que esse conjunto caminhão-guindaste necessita, sem perder a garantia”, afirma Victor Carvalho, diretor de vendas de caminhões da Scania no Brasil.

“Trata-se de uma venda emblemática, fruto de um grande trabalho de engenharia e parceria entre as empresas para encontrar a configuração perfeita. Os clientes da Cunzolo ganham um equipamento exclusivo, que propicia muitos benefícios para seus negócios”, completa o executivo.

“Encontramos na Scania a única fabricante capaz de atender a tudo o que necessitávamos. Manter a garantia após todas as adaptações foi um diferencial fundamental, além do chassi reconhecidamente reforçado, que permitiu receber um equipamento tão potente. Apenas a Scania chegou ao patamar de exigência de robustez que desejamos”, diz Marcos Cunzolo, diretor comercial da Cunzolo, tradicional empresa de prestação de serviços para movimentação de cargas e acesso em altura, por meio do fornecimento de guindastes, empilhadeiras, transporte rodoviário e plataformas aéreas.

“Historicamente, a Cunzolo é famosa pela inovação. Novamente, estamos antecipando um movimento no mercado, criando uma tendência. Temos certeza de que haverá uma forte migração para esse novo nicho que nasce com a chegada do guindaste articulado de 40 toneladas”, diz Marcos.

A grande capacidade de carga e o alcance (42 metros de altura com o cesto aéreo, já homologado pela recente norma NR12) do novo caminhão-guindaste impressionam no mercado, pois os concorrentes mais próximos comportam 25 toneladas de peso e atingem 30 metros de altura, respectivamente.

“É quase 60% a mais de tonelagem, com um caminhão muito mais robusto, econômico e eficiente. E sua envergadura e dimensões reduzidas trazem várias vantagens para nossos clientes em diversos tipos de demanda. Outro destaque são os 36 metros de alcance horizontal”, explica Cunzolo.

Outros diferenciais destacam o produto na América Latina: a possibilidade de atuar com a lança baixa (zero grau), também em 360º e em quaisquer dimensões de espaço, e sistema de trabalho com controle remoto total.

O tamanho reduzido do conjunto caminhão-guindaste permite acessar áreas que um dispositivo telescópico não conseguiria, pois trabalha em estruturas de qualquer altura sem a necessidade de desmontar telhados (gerando mais economia e segurança para os clientes), por exemplo, em substituições de pontes rolantes.

Engenharia

Quando pensou em trazer para o mercado nacional um guindaste articulado de 40 toneladas de capacidade de carga, a Cunzolo fez uma pesquisa na Europa. A Fassi indicou a Scania, que já tinha um caminhão adaptado na Holanda. A partir daí as três empresas iniciaram as conversas. Todo o processo durou um ano para que o caminhão-guindaste estivesse corretamente homologado dentro das leis nacionais e totalmente adaptado para o trabalho.

A Scania trouxe toda a experiência da Europa para desenvolver essa solução no Brasil. Pelo fato de o chassi Scania ser produzido em sistema modular global, a adaptação ideal foi facilmente obtida, e a Cunzolo não precisou importar o caminhão. Na fábrica da montadora em São Bernardo do Campo (SP), o veículo já saiu preparado para receber a carroceria Fassi, com todas as adequações específicas feitas na longarina, da mesma forma que na Europa.

A Scania cumpriu todas as necessidades apontadas pela Cunzolo. Instalou duas tomadas de força para propiciar acionamento de todo o sistema hidráulico, ofereceu tecnologia eletrônica para a comunicação e o gerenciamento remoto do veículo sem a necessidade de entrar na cabine. Ainda realizou pesagens no caminhão durante e depois da finalização do projeto e pintou o veículo em sua cor especial padrão.

Para finalizar a estrutura externa, a Scania também permitiu a instalação dos sistemas de patolas na dianteira (diferencial da marca), intermediária e traseira, também sem a perda da garantia.

Em razão de a economia brasileira passar por um momento de desaquecimento, Marcos Cunzolo projeta aumento de 2% a 3% de faturamento com o novo produto de sua frota. “Mas cresceremos de 5% a 7% assim que o mercado voltar à normalidade. As expectativas são muito promissoras”, revela.

A Cunzolo investe constantemente em equipamentos de alta qualidade e treinamentos, além de participar de todas as etapas dos processos, desde o planejamento até a execução, a fim garantir a satisfação de seus colaboradores e clientes.  Considerada uma das maiores empresas do setor, conta com filiais nas cidades de Campinas, São José dos Campos, Sorocaba, Taubaté e Brasília.



A Editora Viver! publica, entre outras, as Revistas Caminhões e Viver!. É uma empresa especializada em publicações segmentadas. Possuí equipe própria de jornalistas e correspondentes pelo Brasil.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *