MB Accelo 1016 e 1316 ganham nova relação de eixo traseiro

116

Com o objetivo de proporcionar ainda mais economia para o transportador, os modelos Accelo 1016, do segmento de leves, e 1316 6×2, da categoria de médios, passam a ter uma nova relação de eixo traseiro nas versões com câmbio automatizado.
Segundo Ari de Carvalho, diretor de vendas e marketing caminhões da Mercedes-Benz do Brasil, a relação i=3,909 proporciona um menor consumo de combustível nas aplicações mistas que intercalam trechos urbanos e rodoviários com velocidades operacionais até 90 km/h. Além disso, o executivo diz que essa mudança contribui para aumentar a vida útil do motor. “Dessa forma, ampliamos ainda mais as vantagens para o cliente, que ganha em redução de custos operacionais”.
A novidade atende à demanda crescente de clientes que utilizam cada vez mais caminhões leves e médios Accelo em aplicações mistas e rodoviárias de curtas distâncias, além do uso nas cidades.
“Empresas que trabalham com cargas fracionadas, encomendas urgentes, distribuição urbana, entrega de produtos do comércio eletrônico e transporte de bebidas, por exemplo, estão utilizando essa solução nas operações de retirada de cargas e produtos em centros de distribuição e indústrias para levá-las até os diversos pontos de vendas e aos domicílios dos consumidores”, diz Ari.
De acordo com o diretor de vendas, o Accelo já se destaca no mercado por sua versatilidade em operações de entrega e coleta urbana, e agora a Mercedes-Benz oferece mais vantagem ao cliente ao introduzir uma redução de eixo traseiro que se adequa perfeitamente ao uso do caminhão na estrada e no interior das cidades.
“Asseguramos assim mais economia no consumo em todas as circunstâncias. Ou seja, nós continuamos ouvindo atentamente os nossos clientes para conhecer suas necessidades. Com essa nova redução, apresentamos mais uma solução econômica, eficiente e rentável para o dia a dia do transporte”.
O câmbio automatizado sem pedal de embreagem é um item opcional para clientes do Accelo. Para o 1016 e o 1316 a versão é o Eaton 6206A. Estes câmbios de seis marchas se caracterizam pelo ótimo escalonamento de marchas, com primeira reduzida de 6,20 e última marcha com overdrive 0,78, combinando excelente partida em rampa e altas velocidades operacionais, tornando os caminhões aptos para se deslocarem no intenso tráfego urbano, assim como em rodovias.



A Editora Viver! publica, entre outras, as Revistas Caminhões e Viver!. É uma empresa especializada em publicações segmentadas. Possuí equipe própria de jornalistas e correspondentes pelo Brasil.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *