Fenatran: mais de R$ 8,5 bilhões em oportunidades de negócios

476

A 22ª edição da Fenatran – Salão Internacional de Transporte Rodoviário de Cargas – e a Movimat – 33ª edição do Salão Internacional da Logística Integrada – atraíram 62 mil visitantes entre os dias 14 e 18 de outubro, no São Paulo Expo. Neste período foram gerados mais de R$ 8.5 bilhões em oportunidades de negócios. Entre os participantes estavam executivos de mais de 55 países, e representantes de 27 estados, contabilizando mais de 1800 municípios. Houve crescimento de 24% em relação ao número de visitantes e duas vezes mais oportunidades geradas em relação a edição 2017, quando os eventos receberam 350 empresas. Esse ano, mais de 450 marcas participaram dos eventos e representaram 100% da cadeia do transporte rodoviário de carga.

“Tivemos a presença massiva dos principais compradores do setor de transportes rodoviário de cargas que visitaram a Fenatran e a Movimat com grande entusiasmo e disposição para fazer negócios. Superamos as expectativas, isso mostra a força dos nossos eventos em criar oportunidade e gerar negócios”, destacou Leandro Lara, diretor do portfólio de mobilidade da Reed Exhibitions Alcantara Machado, empresa organizadora da Fenatran.
Esta edição da Feira também ficará marcada pela alta tecnologia apresentada e discussões sobre sustentabilidade e novas formas de propulsão. Nos estandes, foram encontrados lançamentos de caminhões elétricos, a gás natural e hidrogênio, entre as fontes alternativas, e recursos eletrônicos de condução semi-autônoma, além de novas tecnologias para rastreamento, telemetria e serviços que visam a maior eficiência do transporte.
“Encontramos nesta edição uma diversidade enorme de inovação. Muitas tecnologias que já são realidade em outros países foram apresentadas como soluções para o mercado brasileiro, como caminhões elétricos, movidos a gás natural e hidrogênio, com recursos eletrônicos e de condução semi-autônoma. Muitos fóruns debateram e anteciparam a visão sobre o futuro do transporte e da mobilidade. É um caminho que nós, como organizadores da Fenatran, estamos satisfeitos em ajudar a criar”, comentou Lara.
Discussões e palestras sobre o futuro da mobilidade, na Arena New Mobility Logistics, fizeram parte do cotidiano dos visitantes da feira.

A plataforma foi criada pela Reed Exhibitions para discutir e apresentar as principais novidades sobre a nova mobilidade de pessoas e cargas. O projeto foi um grande sucesso no salão 2018 e agora novamente foi apresentado na Fenatran. “A segunda edição do New Mobility trouxe ao segmento um formato inédito e relevante para as marcas discutirem as novas tendências que impactarão seus negócios nos próximos 10 anos”, explica Luiz Bellini, diretor da Fenatran e Movimat.
O público pôde conferir de perto, por meio de um programa de realidade virtual, o mock up do Hyperloop, o primeiro modelo de cápsula de transporte da Hyperloop TT em escala 1:1. Os visitantes tiveram a oportunidade de experimentar a sensação de viajar na velocidade do som por meio de um programa de realidade virtual. Além de mover cargas e pessoas a velocidades sub-sônicas, o sistema Hyperloop TT gera excedente de energia, capturada do sol.
Esse modelo de transporte do futuro é feito em cápsulas aerodinâmicas, que viajam dentro de tubos magnéticos, que por sua vez são cobertos por painéis solares. Essa estrutura gera energia limpa para mover as cápsulas e abastecer cidades no entorno das linhas de transporte. O primeiro protótipo da cápsula iniciou sua fase de testes em 2018 e duas linhas experimentais já funcionam em Toulouse, na Franca, e em Abu Dhabi.
A StartSe, em parceria com o New Mobility, trouxe para a feira a StartSe Startup Village. Trata-se de um projeto inspirador, que reuniu startups com amplo portfólio de serviços, recursos tecnológicos e soluções inovadoras. Todas direcionadas à melhoria da mobilidade urbana, transporte e logística. A participação ampliada para estandes ficou disponível para as StartUps, expondo soluções em um modelo de participação facilitada, como: Startups com capacidade para agregar valor em um dos principais setores da economia brasileira; Palco para demonstração de soluções e apresentação para investidores; Modelo de participação facilitado, por dia ou período completo, com estande pronto.

O New Mobility também apresentou na Fenatran novos produtos que chamam atenção pela diversidade de atividades em que podem atuar. Um dos conceitos, por exemplo, é a Cargo Bike, bicicleta elétrica sem solda desenvolvida para entrega de pequenas encomendas. O projeto é munido de motor elétrico desenvolvido no Brasil. Um pista foi instalada na arena para o público realizar os test-rides.
Para o presidente da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), Luiz Carlos Moraes, a 22ª edição da Fenatran foi o marco da retomada do setor.
“Registramos muitos visitantes ao longo dos dias da feira e o clima no evento foi muito positivo. Algumas das nossas associadas nos informaram que precisaram trazer mais vendedores para os estandes e outras bateram a meta para o ano. Esta é uma informação fantástica, pois não existe compra de veículos comerciais se não há uma boa expectativa com a economia do país. E esta Fenatran nos mostrou que os responsáveis por carregar grande parte do PIB do Brasil estão confiantes e otimistas para o futuro”, comentou Moraes.
O vice-presidente da NTC&Logística, Urubatan Helou, destacou que a grandiosidade da feira não ficou apenas no seu tamanho, na beleza dos estandes ou no público extraordinário. “A maior atração foi o expressivo número de negócios gerados. Os transportadores vieram dispostos a comprar e compraram muito. A conclusão foi praticamente a mesma: encantamento com a beleza da feira, mas o que mais entusiasmou foi a oportunidade de fazer bons negócios”.

Já o presidente da Associação Nacional Fabricantes de Implementos Rodoviários (Anfir), Norberto Fabris, comentou que “a Fenatran 2019 foi um grande sucesso para os negócios de implementos rodoviários e ajudará bastante o nosso processo de recuperação das perdas”.
O presidente do Grupo Volvo América Latina, Wilson Lirmann, estimou terminar sua participação na Fenatran 2019 com mais de R$ 1 bilhão em negócios, somando-se a venda de caminhões, planos de manutenção e serviços financeiros, como seguros e consórcio.
O resultado esperado pela Volvo é aproximadamente o dobro do registrado na edição anterior da feira, realizada em outubro de 2017. “Além de um importante momento para poder lançar novos produtos e serviços e apresentar as novas tecnologias de transporte, a Fenatran sempre foi um evento de negócios para a Volvo. E nesse ano sentimos um otimismo ainda maior dos clientes, que estão vendo sinais positivos no mercado de transportes e decidiram investir para renovar suas frotas”, explicou Alcides Cavalcanti, diretor comercial de caminhões da Volvo no Brasil.
Roberto Leoncini, vice-presidente de vendas e marketing caminhões e ônibus da Mercedes-Benz do Brasil, conta que a montadora foi para a Fenatran com o objetivo de iniciar uma nova era no transporte brasileiro de cargas.
“Com muita tecnologia, inovação e conectividade, lançamos o Novo Actros, primeiro caminhão sem retrovisores externos do Brasil e o primeiro digital do mercado. No salão, apresentamos também a Nova Sprinter, um veículo à frente do seu tempo. Com todas essas novidades, percebemos que o nosso estande foi um dos mais visitados durante o evento. Em cinco dias, recebemos mais de mil clientes de todas as regiões do Brasil e também grupos da América Latina, África e Oriente Médio”.

A MAN apresentou durante o evento 15 novos modelos, entre eles o e-Delivery, o Delivery automatizado e o Delivery 4×4. Segundo Ricardo Alouche, vice-presidente de vendas, marketing e pós-vendas da Volkswagen Caminhões e Ônibus, essa foi a melhor Fenatran dos últimos tempos.
Comparando com a edição passada, o movimento dos clientes e dos interessados em se aprofundar nos produtos e serviços aumentou. “A gente preparou um estande maravilhoso para receber todos com maior carinho e atenção. E encerramos com chave de ouro com o movimento acima do normal, o que nos traz grande gratidão”, comenta Alouche.

O diretor comercial da Scania, Silvio Munhoz, disse que as vendas superaram a expectativa e a capacidade de receber os clientes foi mais do que atingida, muito melhor do que a edição anterior.
“Apresentamos os caminhões a gás, com abertura de vendas no primeiro dia e conseguimos mais de dez vendas. Isso significa uma grande resposta que os clientes deram para nós, e podemos afirmar que o caminhão a gás é sim viável para o Brasil. Nossa ideia é liderar os sistemas de transportes para ser mais sustentável”.
“Na área de serviços foi sucesso, mais de mil programas de manutenção, e o que comprova que a solução completa da marca em produto, serviço e a alternativa financeira são o ideal para o cliente. Lançamos na feira o programa de manutenção premium flexível, que reduz em 25% os custos de manutenção, o que gerou um sucesso e os clientes receberam muito bem esse programa. Superamos as expectativas e terminamos o ano com muito otimismo”, explicou Munhoz.

Segundo Ana Theresa Borsari, country manager da Peugeot e Citroen, a importância que o transporte de carga tem no país é fundamental para a estratégia das marcas Peugeot e Citroen não só no Brasil, mas em todo o mundo.
“Por isso, nossas marcas sempre buscaram entender de maneira profunda as necessidades de quem utiliza esses veículos no dia a dia, seja para o transporte de carga ou passageiros. A participação das marcas na Fenatran foi muito importante para mostrar toda a nossa gama de produtos. Apresentamos aqui a mais completa e versátil gama de veículos utilitários do mercado brasileiro, orientada para atender as expectativas de todos os profissionais do setor de transportes”, disse Ana.
Amauri Parizoto, diretor comercial da FPT (Iveco) Industrial para a América do Sul, ressaltou que a Fenatran é um dos maiores eventos do setor. “Para nós é um momento em que podemos nos aproximar dos clientes, mostrar nossas tecnologias e prospectar novos negócios. Em 2019 tivemos uma feira extremamente positiva, com excelente organização e um número de visitantes que surpreendeu. Um público sempre interessado em novas tecnologias e lançamentos”.
.



A Editora Viver! publica, entre outras, as Revistas Caminhões e Viver!. É uma empresa especializada em publicações segmentadas. Possuí equipe própria de jornalistas e correspondentes pelo Brasil.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *